agosto
07
2019

Berlin: na capital da diversão
07 agosto 2019
por Elena

Berlin: na capital da diversão

O Stefan é um cativante e criativo anfitrião de Berlin. Ele gosta de viajar pelo mundo e visitar lugares deslumbrantes, países interessantes e belas cidades. Ele teve a sorte de  contactar com diferentes culturas, felicidade e diversidade e foi isso que o levou a se tornar um anfitrião  na sua cidade natal. O facto de estar sempre pronto a conhecer  pessoas interessantes e autênticas e a lhes mostrar Berlin, faz do Stefan um anfitrião misterb&b muito especial. Explore Berlin. Mostre o seu orgulho.

 

O que significa para si ser um anfitrião para a comunidade gay e como se tornou num anfitrião?

Quando me mudei para Berlin, encontrei um espetacular e amplo apartamento da epóca Vitoriana. Renovei-o e tornei-o num espaço mais criativo onde podia viver, trabalhar como fotógrafo e receber as pessoas. Por isso pensei que também seria ótimo para hospedar os visitantes de Berlin e oferecer-lhes onde ficar, numa atmosfera mais criativa e com um toque acolhedor. 

Tornou-se importante para mim receber a comunidade gay aqui em Berlin. Quando viajava pelo mundo, ficava sempre contente por ficar no seio da comunidade e ser guiado aos lugares certos, aos mais interessantes e aos mais relevantes para mim. Através de misterb&b posso agora retribuir à comunidade e ajudar os viajantes gays a conhecerem esta vibrante e criativa cidade. 

© IG / VISIT_BERLIN

 

Conheceu muitas pessoas interessantes através de misterb&b?

Acho que é sempre interessante receber em casa pessoas de todo o mundo. Conheci muitas pessoas maravilhosas e incríveis ao servir de anfitrião  através de misterb&b: escritores, artistas, outros fotógrafos e atores, que têm viajado pelo mundo e que têm sempre histórias interessantes para contar. Pessoas  mais descontraídas e outras mais ativas que adoram sair e festejar. Todas têm sido muito interessantes e ótimas para conviver. Houve também hóspedes de quem me tornei amigo, outros que fotografei e alguns que encontrei novamente ao visitar as suas cidades.

 

Na sua opinião, o que atrai os hóspedes à sua cidade?

Berlin é sempre um sítio interessante de visitar, vibrante e artístico, com uma ótima comunidade gay, eventos, discotecas e bares. O meu apartamento está localizado no coração da zona gay, no centro de Berlin, por isso é muito fácil andar pela cidade. Mas Berlin também tem o seu legado histórico e cultural. Para mim é obrigatório visitar Mauerpark ao domingo, passear junto ao rio ao sábado, em Kreuzberg, com os seus cafés e restaurantes, visitar a Galeria de Arte Urbana em Schöneberg e a Galeria C/O e a sua fantástica arte fotográfica. Pode-se passar semanas a explorar a cidade e os seus arredores, Potsdam, por exemplo, com os seus lindos parques e palácios. 

© IG / BERLINER_ZEITUNG

 

Sente-se mais envolvido com a comunidade LGBTQ desde que começou como anfitrião?

Sim, com certeza. Ao receber viajantes gays de todo o mundo sinto-me mais próximo da comunidade LGBTQ. Os hóspedes muitas vezes querem saber o que se passa em Berlin e frequentemente são muito próximos da comunidade nos sítios onde moram. Em 2018, visitei também a conferência mundial ILGA em Bruxelas. Recomendo vivamente a visita ao 'Schwules Museum' em Berlin. Dá para ir a pé desde a minha casa e tem sempre ótimas exposições sobre a comunidade LGBTQ de Berlin.

 

Qual foi a melhor coisa que um hóspede já fez por si? Já alguma vez lhe deram algum presente?

Houve um hóspede que ficou uma semana inteira. Um jornalista e escritor; uma pessoa deveras interessante com muitos motivos de conversa. Há alguns anos ele estava a escrever um artigo sobre a cultura de cabarés em Berlin nos anos vinte e a sua evolução até aos dias de hoje. Uma noite quando cheguei a casa, ele tinha preparado um fantástico jantar para nós os dois e aberto uma belíssima garrafa de vinho tinto. 

© IG / VISIT_BERLIN

 

Dê-nos 3 razões pelas quais recomenda ser anfitrião em misterb&b

1)Para conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos.

2)Para aprender mais sobre outras culturas de todo o mundo.

3)Abre as portas da comunidade gay quando visitamos outras cidades e viajamos pelo mundo.

 

Porque deve um hóspede ficar consigo?

Eu tenho um quarto duplo (com 33 metros quadrados) e um quarto individual (com 15 metros quadrados) num apartamento típico de Berlin, com 200 metros quadrados e tetos altos, localizado em Gründerzeit, num prédio de 1890. O apartamento tem um ar varonil e figurou já numa edição da AD (Architectural Digest) pelo seu interior clássico de meados do século, mobiliário moderno e bonita coleção de arte fotográfica. O apartamento também já foi escolhido várias vezes como cenário para filmes e sessões fotográficas. Tem uma área para leitura com muitos livros de arte e uma área de estar onde pode descontrair ou tomar uma bebida e falar sobre o dia ou a saída à noite. A varanda tem uma bela vista e é ótima para desfrutar de uma bebida num dia quente e solarengo ou à noite.  

© IG / BERLINER_ZEITUNG

 

Como seria um anfitrião perfeito - ou um hóspede?

Ser simpático, recetivo, amistoso e sempre feliz por receber novas pessoas. Ajudar os viajantes a conhecerem a cidade. Ser diversificado e nunca julgar as pessoas pela sua proveniência. As pessoas irão lembra-se de si e isso irá ajudá-lo quando visitar as suas cidades.

 

 

Está a pensar visitar Berlin? Veja as nossas Acomodações e o nosso Guia para esta grande cidade gay!  

 

ACOMPANHE AS REDES SOCIAIS!

Não se esqueça de nos adicionar no InstagramFacebook e Twitter. Siga-nos e tenha acesso a conteúdos exclusivos e ofertas especiais. Partilhe as fotos das suas viagens através do hashtag #ExperienceYourPride. Adoramos ver o que anda a fazer nas suas férias misterb&b e iremos partilhar as melhores com a nossa comunidade global de viajantes LGBTQ! 

Propaganda
Fique gay em...
-
Propaganda

Vai a Berlim? Veja o anúncio de Stefan's no misterb&b

quarto duplo no coração da área GAY de Berlim
Quarto privado • Berlim
Classificado Excecional 4.93 (27 comentários)
Wi-Fi • Cozinha • Aquecimento