gay montreal

The Village

Montreal não é a primeira destinação gay que vem à mente quando se planeja uma viagem à América do Norte... No entanto, o distrito gay de Montreal é un dos maiores e mais activos do continente.

Chamado ‘le village’, o bairro gay ocupa uma área que se estende da rue Saint-Hubert à avenue Papineau, e concentra as suas actividades à volta da rue Sainte-Catherine (metro mais próximo: Beaudry). De Junho a Setembro, grande parte da rua só é acessível a pé, o que a torna muito agradável para passear e fazer compras nas inúmeras lojas da zona.

Le village está cheio de restaurantes de cozinha internacional, entre elas portuguesa, vietnamita, chinesa, e, claro está, francesa. Coma e desfrute em alguns restaurantes com nomes divertidos e atípicos como Lallouz Café & Kebaberie (1327 Rue Sainte-Catherine Est), Restaurant O'Thym (1112 Boulevard De Maisonneuve E) e o nosso preferido Chez Ma Grosse Truie Chérie (1801 Rue Ontario E).

As saunas também fazem acto de presença: as duas principais são a GI Joe Sauna (1166 rue Sainte-Catherine Est), e para os fãs do couro e dos uniformes, a Oasis, aberta todo o ano, 24/7 (1390 rue Sainte-Catherine Est). NB: se houver menos de  10 pessoas, reembolso assegurado.Quando chega a noite, há vários lugares e actividades por descobrir. O Cabaret Mado Lamotte é muito divertido e está sempre cheio (1115 Ste-Catherine Est). O Campus (1111 Rue Ste-Catherine Est), e o Stock Bar (1171 Rue Ste-Catherine Est) são os dois bares principais, com strippers que atraem aos fãs dos músculos volumosos. O Stud é um bar que se dirige aos ursos e amantes de couro (1812 Rue Ste-Catherine Est).L'Apollon (1450 Ste-Catherine E) e o Sky Complex (1474 rue Sainte-Catherine) oferecem vários andares de entretenimento (bar e club). As impressionantes vistas do terraço do Sky bar são incontornáveis, e está equipado com uma piscina e spa.

Os eventos mais significativos são o Black & Blue Festival, organizado em beneficio das pessoas que vivem com o HIV, e o Divers-Cité Festival, que dura uma semana durante o Verão, com um show de drags e um enorme concerto de música House. E finalmente o Festival Image+Nation que é o mais antigo festival cinematográfico LGBT do país.

Rapidamente se percebe porque é que o Village é um bairro aberto e amigável:  a prova mais clara é a igreja de Saint-Pierre-Apôtre, que está mesmo no meio, e é um monumento aos que perderam as suas vidas por causa da SIDA.

ETIQUETAS
  • MONTREAL  
  • LE VILLAGE  
  • RUE SAINTE-CATHERINE  
  • FESTIVAL DIVERS-CITÉ  
  • BLACK & BLUE FESTIVAL  
  • SKY COMPLEX  
  • L’APOLLON  

 

  • LE STUD  
  • STOCK BAR  
  • LE CAMPUS  
  • MADO LAMOTTE  
  • L’OASIS  
  • GI JOE SAUNA  
  • CHEZ MA GROSSE TRUIE CHÉRIE  

Reservar a sua próxima estadia

Locais gay

Join the gay travel Community

E pode ganhar crédito de viagem misterb&b de $200