Invest in misterb&b! Join our Equity Crowdfunding Campaign today!

[ LEARN MORE! ]

Festival Eurovisão da Canção de 2019, em Israel: reserve a sua estadia!

 

Animado, musical e descaradamente kitsch, o Festival Eurovisão é todos os anos um dos eventos preferidos do calendário gay. Em 2019 será celebrada a 64.ª edição do concurso, com um total de 42 participantes de diferentes partes do mundo, incluindo a Islândia, a França e a Austrália. Apresentado pela União Europeia de Radiodifusão e pela emissora anfitriã, a israelita KAN, o Festival da Eurovisão de 2019, em Tel Aviv irá de certeza fazer perdurar a fama icónica do concurso.

A vencedora da edição da Eurovisão de 2018, em Lisboa, Netta Barzilai, levou para casa os louros com a sua canção "Toy". Esta foi a quarta vitória de Israel no festival, pelo que irá mais uma vez receber este popular evento. E podemos garantir que a comunidade local irá mais uma vez delirar com esta nova edição. Os israelitas são conhecidos pela sua "Eurovisão-mania", pela forma entusiasta como recebem este evento e se olharmos para as suas quatro vitórias, podemos perceber porquê!

 

 

 

Cidade anfitriã da edição de 2019 do Festival Eurovisão: Tel Aviv

Este ano o Festival Eurovisão irá ser apresentado no Centro de Convenções de Tel Aviv, com as semifinais a terem início a 14 e 16 de maio, seguidas pela muito antecipada final a 18 de maio. Os participantes oficiais ainda estão para ser selecionados nos respetivos países, no entanto, podemos adiantar que a competição é feroz, com muitos entusiastas de cada país a quererem participar.

O slogan da edição do Festival da Eurovisão de 2019 em Tel Aviv é "Ousar Sonhar", que representa uma forte mensagem para a inclusão, a diversidade e a união. Representa a ligação em volta de uma experiência musical coletiva, com o objetivo de espalhar bons valores e energia para uma audiência global. Este tema é representado no logótipo oficial da edição do Festival da Eurovisão de Tel Aviv, por três triângulos que se juntam para formar uma estrela dourada.

“Estar naquele palco, ousar sonhar que podemos vencer o Festival Eurovisão da Canção, ser suficientemente corajoso, confiante e enfrentar uma plateia mundial é algo que vale a pena sonhar,” disse Jon Ola Sand, Supervisor Executivo do Festival Eurovisão da Canção.

O Festival da Eurovisão é um dos espetáculos preferidos a nível mundial da comunidade LGBTQ, captando a atenção dos seus membros, tanto dentro como fora dos ecrãs. Em 1998, Israel ganhou o concurso com Dana International, um transsexual, enquanto que a drag queen austríaca, Conchita Wurst, levou para casa a coroa em 2014. Ao contrário de outros grandes eventos globais, o Festival da Eurovisão constituí muitas vezes uma forma singular para mostrar exemplos LGBTQ à comunidade queer a uma escala internacional.

Desde 1954, o Festival da Eurovisão tem unido o mundo através da música. Baseado no Festival de San Remo, em Itália, o Festival Eurovisão da Canção foi desenvolvido por Marcel Bezençon, da União Europeia de Radiodifusão. Inicialmente o concurso incluía apenas sete países tendo, no entanto, evoluído rapidamente para um evento muito maior, com cada vez mais países a querer participar todos os anos, em especial nos anos 90. Em 2015, o Festival da Eurovisão celebrou o seu 60.º aniversário e os organizadores admitiram pela primeira vez a participação da Austrália.

Reserve a sua estadia em Tel Aviv para a edição de 2019 do Festival da Eurovisão

Se deseja exprimir o seu orgulho ao som da musicalidade internacional do Festival da Eurovisão de 2019, esteja presente em Tel Aviv em maio. Os bilhetes para o concurso estarão à venda a partir do final de janeiro. Em termos de estadia em Tel Aviv, a escolha óbvia passa por misterb&b. misterb&b dá-lhe a possibilidade de ficar com um anfitrião local gay ou em alternativa, num apartamento gay só para si. A escolha é sua. Se preferir ficar num hotel em Tel Aviv, pode testar a nossa nova funcionalidade de anúncios de hotéis gays. Por isso, explore o mundo, mostre o seu orgulho e desfrute do Festival da Eurovisão de 2019.